Rio do Sul é escolhida como Cidade Sul-Americana do Esporte para o ano de 2024

Avaliadores da Aces Europa, entidade ligada a Unesco, passaram cinco dias na Capital do Alto Vale avaliando locais e programas esportivos

0
457
Google search engine

Avaliadores da Aces Europa, entidade ligada a Unesco, passaram cinco dias na Capital do Alto Vale avaliando locais e programas esportivos

Rio do Sul recebeu na noite desta quarta-feira (1º de novembro), a chancela de Cidade Sul-America do Esporte para o ano de 2024, após avaliação de entidades ligadas a Unesco. Membros da ACES Europa, ACES América do Sul e ACES Brasil passaram cinco dias na capital do Alto Vale conhecendo os projetos aplicados na cidade, verificando as instalações esportivas públicas e privadas, além de realizar uma verdadeira sabatina para os gestores da Fundação Municipal de Desportos (FMD).

O anúncio do prêmio para Rio do Sul foi em evento de apresentação das avaliações, com jantar festivo envolvendo parte da comunidade esportiva local e autoridades. O prefeito José Thomé e o superintendente da FMD, Jeberton Fermino receberam a notícia do título, que será entregue oficialmente em Bruxelas, na Bélgica, no mês de dezembro, no Parlamento Europeu, junto com outras cidades do mundo que também receberam o prêmio.

A cidade foi visitada por cinco comissários da Aces Europa, que declararam que Rio do Sul aplica projetos importantes e relevantes para a comunidade, que fortalecem o envolvimento de crianças, adultos e idosos, o paradesporto e levam o esporte para as comunidades mais carentes.

“Tive grande admiração pela cidade, da forma como ela lida com as adversidades, como uma enchente. Mas o que vimos, não foram pessoas chorando, e sim, arregaçando as mangas e trabalhando”, comentou John Swanson, vice-presidente da Aces Europa.

No lado esportivo, a ACES Europa avalia diversos critérios como o uso dos recursos públicos e a divisão do orçamento para o esporte, a participação da iniciativa privada, o envolvimento da comunidade em atividades esportivas, a presença e utilização de espaços públicos de lazer e esporte, a valorização de atividades para crianças, idosos e o paradesporto e as conquistas profissionais.

Para o prefeito José Thomé, o reconhecimento da cidade de Rio do Sul ser a Cidade Sul-Americana do Esporte enche a gestão de orgulho, mas também aumenta a responsabilidade para proporcionar atividades ainda mais integradas para crianças, jovens, adultos e idosos e melhorar as estruturas. “A cidade é apaixonada pelo esporte, é participativa e ativa em diversas modalidades. Conseguimos promover esporte para comunidades distantes, carentes, levando lazer, saúde e qualidade de vida. Temos obras importantes em andamento e também somos sede, mais uma vez, da maior competição esportiva do Estado no final de novembro e início de dezembro. Isso é motivo de grande orgulho para toda a comunidade esportiva”, destacou Thomé.