Jogos Abertos em Rio do Sul começam com festa em Rio do Sul

61ª edição teve abertura no Estádio Alfredo João Krieck com espetáculos de dança e fogos

1
65
Google search engine

As apresentações do Grupo de Dança Andreia Mendes, de Timbó, e do Centro Cultural Lilly Bremer, de Rio do Sul, encantaram o público que prestigiou nesta sexta-feira (11) a abertura oficial da 61ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. São 6,5 mil atletas envolvidos, recorde dos últimos 15 anos, que vão competir até o próximo dia 20. O atual campeão-geral da competição é Blumenau, principal candidato ao título. No total, cerca de 8,5 mil pessoas estão envolvidas nos jogos.

Os alunos do Centro Cultural Lilly Bremer apresentaram danças com a influência afro e indígena. Já o Grupo de Andrea Mendes, que conquistou no último final de semana o hexacampeonato brasileiro de “hip hop” apresentou rítmicos que também encantaram o público.

O ponto alto foi o acendimento do fogo simbólico dos Jasc. Os atletas Luís Henrique Schneider, Douglas Werner Heckman, Vanessa Feliciano, Edemilson Gutz dos Santos e Armelindo Schlup entraram no Estádio Alfredo João Krieck conduzindo respectivas tochas. Eles colocaram o fogo em uma espécie de tulipa que se abriu e depois fechou, com a pira sendo acesa.

Thomé destaca sucesso antecipado dos Jasc

O prefeito José Thomé destacou que a participação de 115 municípios, com 6,5 mil atletas envolvidos e outros 2 mil dirigentes, comprova o sucesso dos Jasc por antecipação. Ele disse que foram quase 12 meses de planejamento, trabalho e esforço para que os locais de competição estivessem prontos e aptos para receber os atletas de Santa Catarina, utilizando toda a estrutura esportiva e também de lazer da cidade.

Thomé lembrou que a exemplo de 1995, quando Rio do Sul sediou a competição pela última vez, ficou muita saudade e o desejo enorme de repetir a dose. “Esperamos que a comunidade também aproveite para acompanhar as atividades, já que o acesso é gratuito”.

O presidente em exercício da Fesporte, Marcelo Franco José da Silva, o Brigadeiro, colocou que os Jogos Abertos mostram a tradição de Santa Catarina de revelar grandes atletas. “Todos querem estar aqui. Desde atletas olímpicos, até aqueles que ainda buscam os melhores resultados”. “Participar dos Jasc sempre foi motivo de orgulho para todos”. Brigadeiro observou que a Fesporte, a quem cabe a organização, busca sempre oferecer o que há de melhor.

O presidente da Comissão Organizadora, Jeberton Fermino, lembrou do desafio de organizar os jogos, com orçamento pequeno. Destacou que a partir de 2017 Rio do Sul voltou a organizar eventos promovidos pela Fesporte. Como os Jogos da Terceira Idade, Olesc e os Joguinhos. “O desafio foi cada vez maior, mas estamos muito otimistas com esta edição”.

Destaques de Rio do Sul são homenageados

A Fundação Municipal de Desportos homenageou cinco atletas de renome nacional para fazer o acendimento da pira olímpica e o juramento. São eles Vanessa Feliciano Ebert, Luís Henrique Schneider, Edmilson Gutz dos Santos, Armelindo Schlup e Douglas Werner Heckman. Também Milena Jaqueline Sens, responsável pelo juramento do atleta.

Vanessa é enxadrista, tricampeã do estado de Santa Catarina em várias categorias. Tem três títulos dos Jasc por equipe. Representou o Brasil em três olimpíadas da modalidade, participou de quatro mundiais e 12 Panamericanos. É detentora do título de mestre internacional e da Federação Internacional de Xadrez.

Edmilson é atleta da seleção brasileira de caratê desde 2013. Foi medalhista dos Jasc entre 2011 e 2019, conquistando cinco medalhas de ouro, uma de prata e três de bronze. É pentacampeão brasileiro e medalhista três vezes na Liga Mundial.

Douglas tem quase 30 anos de carreira no tiro esportivo, representando Rio do Sul pelo mesmo período em todos os Jasc, seja como atleta ou como coordenador da equipe. Foi medalhista em praticamente todos os anos, com destaque para os títulos de campeão em 1998, 2007, 2010 e 2019.

Armelindo foi seis vezes campeão dos jogos. Também conquistou cinco títulos brasileiros e foi 12 vezes campeão catarinense, na modalidade da bola 23 centímetros. Coleciona a incrível marca de 65 conquistas de braço de ouro nas competições que participou.

Luís Henrique, é atleta do lançamento do disco. Tem mais de 230 medalhas conquistadas entre eventos estaduais, nacionais e internacionais. Foi 34 vezes recordista estadual. É o atual detentor do recorde absoluto na prova do lançamento do disco. É recordista dos Jasc desde 2010, competição que já conquistou 21 medalhas.

Milena fez o juramento do atleta. Ela é medalhista nos campeonatos brasileiros desde 2013. Integrou a seleção em competições sul-americanas. Nos Jasc ganhou cinco medalhas, sendo duas de ouro consecutivas. É a atual recordista da competição pelo segundo ano consecutivo, no arremesso do peso.

Texto: Orlando Pereira – Especial FMD – JASC

Departamento de Comunicação
Prefeitura de Rio do Sul

1 COMMENT

Comentários estão fechados.