Rio do Sul terá direito a 160 moradias para atingidos pelas enchentes

Prefeito Thomé já deu entrada no pedido formal para apoio do Ministério das Cidades

0
863
Google search engine

Em Brasília (DF) nesta semana, onde cumpre roteiro de visita em ministérios e busca de recursos e encaminhamento de projetos, o prefeito de Rio do Sul José Thomé, protocolou junto ao Ministério das Cidades, o pedido de construção de moradias. Em contato com o setor de habitação do Ministério, o município teria direito a até 160 casas, que devem ser destinadas a pessoas em cotas de enchentes mais baixas, sendo mais vulneráveis e com maior necessidade de saída do local.

O Ministério das Cidades possui programa específico para este tipo de modalidade de construção, já sendo iniciado no Rio Grande do Sul, também por conta das enchentes. O prefeito Thomé já deu entrada ao pedido, sabendo da urgência e necessidade deste tipo de suporte do governo federal. A audiência no Ministério das Cidades contou com o apoio do Deputado Federal Carlos Chiodini

Thomé reforça que o município já tem mapeado terrenos para a construção, sendo que agora começa a fase de debate com a comunidade sobre os modelos do programa habitacional, com debates abertos aos moradores.

“Nós vamos agora iniciar um trabalho de levantamento, sendo que já temos bem claras quais são as regiões e famílias mais vulneráveis de nossa cidade. Nós queremos dar amparo para estas pessoas, que em todas as situações de inundação, precisam ir para abrigos e tem sua dignidade e segurança afetadas”, destacou Thomé.