Arena Poliesportiva é retomada em Rio do Sul

Ministério do Esporte liberou R$ 1 milhão para a retomada da obra que estava parada há um ano

0
390
Google search engine

Foi retomada esta semana a obra da nova Arena Poliesportiva de Rio do Sul, que fica no bairro Canta Galo. O serviço estava paralisado há quase um ano, já que ocorreram atrasos de repasses do governo federal.

Com a confirmação de pagamento de R$ 1 milhão por parte do Ministério do Esporte do governo federal na última semana, a empreiteira responsável pela obra pode retornar o serviço.

Até o momento, dos R$ 5 milhões do convênio com o Governo Federal, R$ 2 milhões já foram pagos, sendo R$ 1 milhão na última semana. Esta liberação ocorreu através de uma deliberação da deputada federal, Ana Paula Lima (PT), junto ao Ministério do Esporte. A vice prefeita Karla Bastos Miguel esteve em Brasília no mês de março, quando confirmou com a ministra Ana Moser e a própria deputada Ana Paula Lima, que o recurso seria creditado ao município.

A Prefeitura de Rio do Sul já aplicou em torno de R$ 3 milhões na obra como contrapartida. No total, a Arena Polesportiva tem suas obras estimadas em R$ 8,3 milhões e está com 60,3% do serviço executado. Toda a estrutura já está coberta e boa parte das arquibancadas também foi concluída. Na próxima semana, os serviços devem avançar com a concretagem do piso da quadra e das áreas de recreação.

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, comemorou o reinício dos trabalhos, explicando que continua cobrando do Governo Federal o restante do repasse financeiro para a obra. “Com todo recurso em mãos, conseguimos dar um bom andamento da obra, já visando sua parte final, porque ela teve um andamento rápido. Vamos continuar este diálogo com o Governo Federal buscando esses recursos e valorizamos muito o trabalho de nossa vice, Karla Bastos Miguel e da deputada Ana Paula Lima”, comentou.

Arena Poliesportiva

O novo espaço que fica em local estratégico, na entrada e saída da cidade pela BR-470, para equipes e delegações, terá quatro vestiários, auditório, ambulatório, sala de segurança, duas cozinhas, duas áreas de convivência, além de banheiros adaptados. Também terá seis salas da Fundação Municipal de Desportos (FMD), além de dois mil lugares sentados e quadra 40×20. No total, são 7 mil metros quadrados de área construída. A obra é uma demanda antiga do município, atendendo atletas e técnicos do município.